"O primeiro amor é um pouco de loucura e muita curiosidade." (George Bernard Shaw)

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Capitulo 1

Pulaa \õ/ primeiro capitulo negadas. bem eu não postei ontem por que eu estava envolvida demais numa fic do Ron e da Mione ( Harry Potter pra quem não sabe) enfim.. Eu vim postar hoje eeee. ok ignorem a autora e vamos ao Capitulo.

----------------------


22 de agosto.
Canadá. Outono. Frio. É tudo o que eu mais amo juntos. Tomando meu chocolate numa pequena praça perto da minha casa. Apenas olhando as folhas meio laranjas caindo de suas árvores se preparando para o inverno. Clima lindo para os casais apaixonados, que andavam de mãos dadas. Eu realmente nunca me apaixonei de verdade. Todos dizem que o amor é lindo, que é espetacular. É o desejo, junto com a paixão que você sente todos os dias, com a mistura do brilho em seus olhos, soando frio quando esta perto da pessoa, coração quase saindo pela boca e etc. Sinceramente? Não acredito nisso, pra mim é tudo uma invenção que as pessoas criam em suas próprias cabeças. É isso. É por isso que nunca me apaixonei... Por que as pessoas criam isso... Mas é claro. Voltando para casa esbarrei num garoto. Será que ele não olha por onde anda?
Xxx/Demi- desculpe-me
Quando olhei em seus olhos simplesmente fiquei hipnotizada não conseguia tirar meus olhos dos dele, eram de uma cor que me lembrava os de minha mãe, chocolate. Estava tremula isso nunca havia acontecido comigo.
- me desculpe, eu sou um desastrado
Sorri involuntariamente e respondi:
- Sem problemas. Eu é que não olho por onde ando quem lhe deve as desculpas sou eu. Demi – disse estendendo a mão e sorrindo. Mas que merda eu estava fazendo? me apresentando para um garoto totalmente desconhecido e que tinha esbarrado em mim a pouco? Eu sou estupida.
- Joe. Prazer – disse apertando minha mão e sorrindo em resposta – sinto muito, estou atrasado, tenho que ir 
- tudo bem - pelo menos não era um vagabundo.
- a gente se esbarra
- a gente se esbarra Joe. - Como? eu tinha falado isso mesmo? meu Deus em que mundo eu estava? será que estou doente?
Fiquei apenas o observando ir embora. A pessoa que me deixou tímida pela primeira vez, que me deixou tremula, sem falas, Totalmente idiota e hipnotizada se foi.

30 de agosto.

Todo esse tempo depois daquele dia em que esbarrei no Joe, não o tiro da minha cabeça, não faço idéia do que aconteceu só não consigo tirar um estranho do meu pensamento. Eu devo estar ficando louca, isso é ridículo eu nem o conheço. Provavelmente nunca mais vou encontrá-lo, do jeito que esse país é enorme...Mas o que eu estou dizendo? eu não quero encontrar ele de novo... ou quero? Acordei um pouco cansada, mas como tinha combinado de ir encontrar com minhas amigas naquela mesma praça, levantei, tomei um banho, me arrumei, tomei meu café no starbucks como de costume e fui a pé mesmo. Andando distraída pelas ruas de toronto quando esbarro outra vez em alguém.
Xxx/Demi: desculpe 
- hey! Você de novo. Joe não é? – claro como se eu estivesse esquecido o nome dele. Merda!
- Sim. E você é... Demi.
- Certo. Coincidência não?
- Com certeza. Pensei que não te veria mais
- igualmente.
- estou atrasado. Sinto muito
- agente se esbarra – tomará que eu arranje de sorte como da outra vez. O que? Demetria oque houve com você? Você é aquela que não quer amores e não acredita nisso Lembra?
- agente se esbarra – disse sorrindo
E como da primeira vez fiquei o olhando ir embora naquela rua movimentada. Sem ao menos conversarmos direito. 


-----------------
É gente ela esta em conflito com ela mesma. comentários para o próximo ok? bjs
Oii Aillinha \õ/ vou te explicar por que eu não entrei mais no seu blog. o meu pc foi trocado e eu esqueci de pegar os blogs que eu acompanhava ( que eram varios por sinal) mas muito obrigada por me dar a url do seu blog outra vez

Um comentário:

  1. adoorei
    poste mias
    oks flooor
    mais por favor n suma de lá bjokas

    ResponderExcluir